Comunidade

Lance Notícias | 23/07/2022 14:11

23/07/2022 14:11

5511 visualizações

Ajude a Ceci: família pede ajuda para pagar medicamento importado de bebê com Síndrome de West

A Cecília tem dez meses e é pura fofura. Quando nasceu, ela sofreu uma parada cardíaca e acabou ficando sem oxigenação por alguns minutos o que acabou lesionando uma parte do cérebro. Em decorrência disso, foi diagnosticada com paralisia cerebral. Com cerca de sete meses, começou a apresentar alguns espasmos, após investigação médica veio o […]

Ajude a Ceci: família pede ajuda para pagar medicamento importado de bebê com Síndrome de West

A Cecília tem dez meses e é pura fofura. Quando nasceu, ela sofreu uma parada cardíaca e acabou ficando sem oxigenação por alguns minutos o que acabou lesionando uma parte do cérebro. Em decorrência disso, foi diagnosticada com paralisia cerebral.

Com cerca de sete meses, começou a apresentar alguns espasmos, após investigação médica veio o novo diagnóstico: Síndrome de West. Para controlar as crises convulsivas e dar melhor qualidade de vida a pequena, ela precisa passar por um tratamento com ACTH (hormônio adrenocorticotófico). O medicamento é importado de Portugal e com o alto valor, a família está contando com a solidariedade de todos.

Em contato com os pais da pequena, Jessica Behling e Lucas Ascari eles falam sobre os custos:

– São cerca de R$ 30 mil o valor das despesas geral. R$ 5mil são as ampolas, mas teremos gastos com hotel para 20 dias (estaremos em isolamento total no quarto, sem poder sair pra comprar alimentação) passagens, exames que vão ser feitos durante o processo, os utensílios que serão utilizados, seringas, medidor de pressão. Várias dessas coisas. Quanto antes realizarmos o tratamento melhor para a Ceci, pois ela tem em torno de 20 crises por dia e essas crises causam bastante dano para o cérebro dela – apelam os pais.

A família vive em Chapecó e a Ceci é natural de Xanxerê. Para ajudar, clique no link da vakinha e faça a sua doação: https://www.vakinha.com.br/2995223

 

 

Deixe seu comentário