Polícia

Lance Notícias | 20/09/2022 16:09

20/09/2022 16:09

10762 visualizações

Autor de feminicídio é preso preventivamente, em Xaxim

No dia 18, na Rua Madre Maria Bernard, em Xaxim, uma mulher foi assassinada em via pública, tendo o autor realizado diversos disparos de armas de fogo. As informações preliminares coletadas imediatamente pela equipe de investigação da Central de Plantão Policial de Xanxerê e pela Polícia Militar apontavam que o autor do crime seria o […]

Autor de feminicídio é preso preventivamente, em Xaxim

No dia 18, na Rua Madre Maria Bernard, em Xaxim, uma mulher foi assassinada em via pública, tendo o autor realizado diversos disparos de armas de fogo.

As informações preliminares coletadas imediatamente pela equipe de investigação da Central de Plantão Policial de Xanxerê e pela Polícia Militar apontavam que o autor do crime seria o ex-companheiro da vítima.

No dia 19/09/2022, a Delegacia de Polícia da Comarca da Fronteira de Xaxim, responsável por apurar o caso, instaurou o competente inquérito policial e realizou diversas diligências investigativas, sobretudo a coleta de depoimentos e de imagens, visando elucidar os delitos de “feminicídio” e de descumprimento de medida protetiva, já que a vítima tinha uma medida protetiva em seu favor quando fora assassinada.

Na mesma data, a Autoridade Policial de Xaxim representou pela decretação da prisão preventiva do suspeito.

Nesta terça-feira (20), por volta das 04h30, o autor do crime se apresentou voluntariamente ao quartel da Polícia Militar, tendo apontado aos militares o local em que a arma utilizada no crime estava escondida, além de ter confessado a prática do feminicídio.

Em seguida, o investigado, por volta das 8h, foi encaminhado à Central de Plantão Policial de Xanxerê, onde fora autuado pela prática do crime previsto no art. 16, §1º, IV do Estatuto do Desarmamento, afinal, a arma estava com a numeração suprimida.

O Juízo da 2º Vara de Xaxim, em atenção à representação formulada pela Autoridade Policial de Xaxim, decretou a prisão preventiva do investigado, tendo o mandado sido imediatamente cumprido pela Delegacia de Polícia da Comarca da Fronteira de Xaxim.

Durante a investigação, constatou-se que o motivo do crime fora a não aceitação do término da relação.

Deixe seu comentário