Polícia

Lance Notícias | 11/08/2022 07:49

11/08/2022 07:49

7733 visualizações

Caoagro da Polícia Civil apresenta mapeamento de crimes e ações realizadas no mês de julho

O Centro Estadual de Combate aos Crimes Contra o Agronegócio da Polícia Civil de Santa Catarina (CAOAGRO/PCSC), apresentou na quarta-feira (10), relatório das ocorrências policiais relativas ao mapa de criminalidade contra o agronegócio em SC. No mês de julho foram registrados 85 Boletins de Ocorrência relacionados a crimes contra o agronegócio no Estado, em 53 […]

Caoagro da Polícia Civil apresenta mapeamento de crimes e ações realizadas no mês de julho

O Centro Estadual de Combate aos Crimes Contra o Agronegócio da Polícia Civil de Santa Catarina (CAOAGRO/PCSC), apresentou na quarta-feira (10), relatório das ocorrências policiais relativas ao mapa de criminalidade contra o agronegócio em SC.

No mês de julho foram registrados 85 Boletins de Ocorrência relacionados a crimes contra o agronegócio no Estado, em 53 Municípios pertencentes à 21 Delegacias Regionais de Polícia.

O crime de furto de gado (abigeato), liderou as ocorrências criminosas, totalizando o percentual de 38,6 % de todos os Boletins de Ocorrência que o CAOGRO tomou conhecimento no mês julho.

Recuperação de produtos/bens do agro pela Polícia Civil:

– Defensivos na data de 05/07 na cidade de Navegantes;

– 10 cabeças de Gado em Abelardo Luz na data de 13/07;

–  Defensivos na data de 14/07 na cidade de Itapema;

– 32 sacos de uréia e 14 sacos de ração na cidade de Jardinópolis na data de 22/07.

Também em julho, o CAOAGRO prestou diversos apoios, tanto na parte de inteligência policial quanto operacional, destacando-se a presença dos policiais civis do CAOAGRO nas operações realizadas em parceria com a CIDASC nas cidades de Ipuaçu, Nova Erechim e Águas Frias.

Ainda, durante o mês de julho, o CAOAGRO esteve presente no Município de Braço do Norte, durante um painel do agronegócio realizado durante a Feira e Exposição Agropecuário do Vale de Braço do Norte e Região (FEAGRO) e também na cidade de São José do Cerrito, ocasiões onde foi possível estreitar ainda mais os laços entre a Polícia Civil e os setores do agronegócio catarinense.

Deixe seu comentário