Bombeiros

Maicon Fiuza | 26/08/2022 14:32

26/08/2022 14:32

8488 visualizações

Equipe do CBMSC é a representante do Brasil no Desafio Mundial de Resgate 2022

Faltando 11 dias para o World Rescue Challenge 2022 (WRC), que acontece em Luxemburgo, a equipe de Resgate Veicular do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), a Condá, segue com a preparação intensa para a competição e comemora uma novidade: é a única equipe a representar o Brasil na categoria desencarceramento. A vaga […]

Equipe do CBMSC é a representante do Brasil no Desafio Mundial de Resgate 2022

Faltando 11 dias para o World Rescue Challenge 2022 (WRC), que acontece em Luxemburgo, a equipe de Resgate Veicular do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), a Condá, segue com a preparação intensa para a competição e comemora uma novidade: é a única equipe a representar o Brasil na categoria desencarceramento. A vaga da corporação é da Associação Brasileira de Resgate e Salvamento (ABRES), conquistada com o vice-campeonato do Desafio Nacional de Resgate.

A Organização Mundial de Resgate Veicular (World Rescue Organisation) publicou a lista dos times que competirão no WRC nesta semana trazendo a informação. A equipe do CBMSC iniciou os treinamentos específicos para o mundial no mês de março e segue com um calendário extenso até o dia de embarcar para Luxemburgo.

Provas

A categoria desencarceramento possui as provas rápida, standart e complexa, com 10, 20 e 30 minutos respectivamente.

A equipe fará as três provas, que possuem cenários diferentes e desconhecidos pelos participantes, porém que a organização do evento cria a partir do estudo de ocorrências reais no mundo. Os participantes realizarão os procedimentos necessários, com a avaliação dos juízes e ainda deverão se comunicar com a comissão avaliadora em inglês.

Conheça a equipe

A equipe do CBMSC é composta por sete militares do 6º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Chapecó, que obteve a vaga após o vice-campeonato obtido no Desafio Nacional de Resgate, do ano de 2019, em Brasília, Distrito Federal. Tal qualificação garantiu vaga para o desafio que ocorreria em 2020, na cidade de Miami, nos Estados Unidos. Entretanto, em decorrência da pandemia, não houve eventos internacionais nos anos de 2020 e 2021. Por isso, a Associação Brasileira de Resgate e Salvamento (ABRES) optou em manter as equipes classificadas em 2019 para o desafio 2022.

Curiosidades: esta mesma equipe foi a campeã do Desafio Catarinense de Resgate Veicular em 2021. Quatro integrantes da equipe são instrutores nos cursos de Resgate Veicular, tanto no CBMSC, quanto na preparação de outros militares de corporações brasileiras.

De acordo com as regras para a competição, as equipes devem ser compostas por seis integrantes, divididos em comandante, resgatistas, socorristas, além de um suplente. Representarão o CBMSC:

Cabo Anderson da Silva Gheller (Comandante);

Cabo Alberto Dal Piva Neto (Resgatista);

Soldado Cassiano Devilla (Resgatista);

Soldado Gabriel Augusto Pinheiro (Resgatista);

Sargento Rodrigo Somensi (Socorrista);

Soldado Giovani Pereira (Socorrista).

Soldado Vinícius André Spigolon (Suplente).

A coordenação técnica da equipe é realizada pelo Capitão Bruno Lazarin Koch, membro da Coordenadoria de Resgate Veicular, que foi responsável pela preparação das equipes do CBMSC que estiveram nos desafios mundiais em 2017 e 2018, Romênia e África do Sul, respectivamente.

Deixe seu comentário