Polícia

Maicon Fiuza | 17/05/2024 17:05

17/05/2024 17:05

18043 visualizações

Homem de 65 Anos Indiciado por Zoofilia em Xaxim

A Polícia Civil de Xaxim, em Santa Catarina, indiciou um homem de 65 anos por maus-tratos a animais após receber denúncias anônimas com vídeos e fotografias do crime. O caso ocorreu no dia 15 de abril de 2024, no Bairro Santa Terezinha.

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia Civil de Xaxim, recebeu denúncias anônimas contendo vídeos e fotografias que mostravam um homem praticando maus-tratos contra uma cachorra. O crime, registrado no dia 15 de abril de 2024, por volta das 10h, ocorreu no Bairro Santa Terezinha, em Xaxim.

Com a abertura do inquérito policial, a equipe de investigação iniciou diligências para identificar o local e o autor do crime. As investigações levaram à identificação da residência onde os maus-tratos ocorreram e à qualificação do suspeito, um homem de 65 anos.

A investigação revelou que a cachorra, vítima de zoofilia, vive em situação de rua junto com seus filhotes. O animal era frequentemente violentado pelo suspeito, que já havia sido advertido por moradores da região. Diante da situação, a cachorra foi resgatada, cadastrada e disponibilizada para adoção por uma organização não governamental de Xaxim.

O suspeito foi indiciado pelo crime de maus-tratos a animais, conforme o artigo 32, §1º-A, da Lei nº 9.605/1998, que prevê pena de dois a cinco anos de prisão, além de multa e proibição de guarda de cães ou gatos.

Devido à ausência dos requisitos para a prisão preventiva, o homem responderá ao processo em liberdade. A Polícia Civil reforça a importância das denúncias anônimas para combater crimes de maus-tratos a animais e garante que as investigações continuarão para prevenir novas ocorrências.

O caso destaca a necessidade de vigilância constante e ações efetivas para proteger os animais, incentivando a população a continuar colaborando com as autoridades para garantir a segurança e o bem-estar dos animais em situação de rua.

Deixe seu comentário