Comunidade

Maicon Fiuza | 19/09/2022 18:10

19/09/2022 18:10

9786 visualizações

Inclusão: professora do Oeste ganha destaque traduzindo músicas para a comunidade surda

A deficiência auditiva traz muitas limitações para o desenvolvimento do indivíduo. Considerando que a audição é essencial para a aquisição da linguagem falada, sua deficiência cria lacunas nos processos psicológicos de integração de experiências, afetando o equilíbrio e a capacidade normal de desenvolvimento da pessoa. Mesmo assim, ainda hoje, a sociedade conhece bem pouco os […]

Inclusão: professora do Oeste ganha destaque traduzindo músicas para a comunidade surda

A deficiência auditiva traz muitas limitações para o desenvolvimento do indivíduo. Considerando que a audição é essencial para a aquisição da linguagem falada, sua deficiência cria lacunas nos processos psicológicos de integração de experiências, afetando o equilíbrio e a capacidade normal de desenvolvimento da pessoa.

Mesmo assim, ainda hoje, a sociedade conhece bem pouco os portadores de deficiência. O retrato da ausência de informação se reflete na pequena oferta de serviços adequados a portadores de deficiência – apesar de eles corresponderem a cerca de 10 por cento da população de países em desenvolvimento, como o Brasil.

O Lance Xaxim conversou com Talila Gracieli Vieira de São Lourenço do Oeste que realiza um trabalho incrível dentro da educação especial e contou sobre como surgiu o interesse em trabalhar nesta área:

— O meu interesse surgiu ainda quando eu fazia magistério onde ocorreu o meu primeiro contato com a educação especial, após isso fui me aprofundando na educação especial na deficiência auditiva e em 2013 comecei a participar da associação de surdos aqui de São Lourenço do Oeste e foi quando me encantei com a língua de sinais e o universo das libras, com esse contato com comunidade surda fiquei encantada com a grandiosidade da língua de sinais e pela quebra de barreiras de comunicação e preconceitos e isso despertou em mim uma vontade de trabalhar para esta comunidade com projetos e ações e que estas ações possam servir de exemplo para que outras pessoas também se interessem — conta.

Em 2019 Talila junto com seu amigo Kelvin Fialho fizeram as traduções das peças teatrais do Projeto Encena Catarina em Caçador, e após ter participado deste projeto, teve o sentimento de que precisava trazer essa acessibilidade para a comunidade surda nos eventos locais.

Talila conseguiu trazer um grupo de teatro para a sua cidade e realizar a tradução para a comunidade surda conforme comenta:

— Neste teatro também tinha tradução musical e a comunidade surda se fez valer eles participaram e amaram, por ser algo inédito pra eles, conseguirem participar do evento da mesma maneira que uma pessoa ouvinte e foi muito incrível — comenta.

Ressaltou também sobre a importância do projeto de acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva:

— É muito gratificante, pois o projeto agora tende a se desenvolver mais, e queremos que esse projeto sirva de exemplo para outros municípios vizinhos pois a comunidade surda tem o mesmo direito das pessoas ouvintes, então quando se traz a cultura por meio da musica para as pessoas ouvintes as pessoas com deficiência auditiva também querem ter acesso a esta cultura e viver estas experiências afinal é música tem uma grande importância na nossa vida pois trabalha nas emoções das pessoas — ressalta.

Talila finaliza dizendo o quanto gosta do que faz:

— Eu amo fazer isso, é algo que me realiza adoro traduzir músicas me sinto feliz de verdade e eu acredito que estes projetos de acessibilidade cultural e musical vão estar cada vez mais se propagando e é muito importante isso, que outros município s ao fazerem shows ou feiras pensem nas pessoa que tem deficiência auditiva e outras deficiências também, isso é muito importante pois é inclusão na prática e esperamos que essas práticas continuem acontecendo Brasil a fora — finaliza.

Deixe seu comentário