Polícia

Lance Notícias | 15/09/2022 08:58

15/09/2022 08:58

6941 visualizações

PRF e PF faz apreensão de 18 toneladas de maconha em carga de milho

Foi realizada na noite desta quarta-feira (14), a apreensão de exatos 17.900 quilos de maconha. Fruto de uma ação conjunta entre Polícia Rodoviária Federal (PRF) e equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes – DRE da Polícia Federal (PF). A maconha estava em um bitrem Volvo placas de Braço do Norte/SC, abordado por volta das […]

PRF e PF faz apreensão de 18 toneladas de maconha em carga de milho

Foi realizada na noite desta quarta-feira (14), a apreensão de exatos 17.900 quilos de maconha. Fruto de uma ação conjunta entre Polícia Rodoviária Federal (PRF) e equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes – DRE da Polícia Federal (PF).

A maconha estava em um bitrem Volvo placas de Braço do Norte/SC, abordado por volta das 20h na BR 101 em Biguaçu. Os fardos foram ocultos em meio à carga de milho a granel. O veículo foi trazido até uma empresa alimentícia em São José, onde a maconha foi separada da carga de milho, em um trabalho que durou quase cinco horas.

Por meio de troca de informações entre as duas forças de segurança, foi possível identificar e localizar o veículo suspeito além de um segundo carro que “escoltava” o caminhão carregado de entorpecentes, realizando a abordagem na BR-101. O motorista, paranaense de 40 anos, não revelou para onde levaria a carga.

As pessoas que estavam no carro que escoltava o caminhão não quiserem se manifestar. Os quatro envolvidos foram conduzidos até a sede da Polícia Federal em Florianópolis, para lavratura do auto de prisão em flagrante. Os investigados responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico (art. 33 e 35 da Lei n. 11.343/06), cujas penas somadas podem atingir 25 anos de reclusão.

A Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal ressaltam a importância da integração e cooperação entre as forças policiais no combate ao tráfico de drogas. Cada órgão atuou com o que tem de melhor, resultando neste prejuízo financeiro estimado em 40 milhões de reais ao crime organizado, somando o valor da droga e da carreta.

 

 

Deixe seu comentário