Comunidade

Lance Notícias | 28/07/2022 14:01

28/07/2022 14:01

13204 visualizações

Xaxinenses questionam demora no atendimento nas Unidades de Saúde devido aos servidores estarem no celular

Xaxinenses questionam demora no atendimento nas Unidades de Saúde devido aos servidores estarem no celular

Alguns xaxinenses têm frequentado as Unidades de Saúde do município e encontrado os servidores utilizando o celular. Segundo estes moradores devido ao uso do aparelho, o atendimento acaba sendo mais demorado.

Em vídeo divulgado na rede social Facebook da Prefeitura de Xaxim, o secretário Beto Grasel diz que a questão é interessante de ser abordada e que participando juntamente com o secretário de Saúde de uma reunião com os servidores de saúde foi tratado sobre atendimento e motivação, e a questão do celular é uma questão que sempre é abordada.

— É obvio que sim, não vamos dizer que não existe servidor que fica na rede social durante o dia, é uma mentira e a gente não pode fechar o olho para isso, mas não é na proporção que se imagina. Agora sobre esse ponto especifico a gente ouve muitas reclamações e as vezes a população não se dá conta de como funciona o fluxo de atendimento na saúde, as vezes você vê o servidor com o celular na mão, mas ele não está na rede social, ele está no Whatsapp exatamente agendando uma consulta, conversando com um médico ou alguma outra Unidade de Saúde — fala.

O secretário explica que o WhatsApp é uma ferramenta muito utilizada dentro do serviço da saúde.

— A saúde tem um serviço muito interligado, nenhum servidor consegue desempenhar sua função sozinho, ele precisa de um outro setor, ou estar agendando uma consulta. Eu posso garantir para a população que muitas das vezes que você vê um servidor da saúde com o celular na mão, ele não está em uma rede social, ele está sim trabalhando e usando o celular como ferramenta de trabalho — explica.

Beto Grasel diz que sim é muito cobrado dos servidores que a rede social não seja utilizada durante o expediente, mas que infelizmente as vezes acontece, mas são minorias.

Deixe seu comentário