Lance Notícias | 20/11/2022 07:40

20/11/2022 07:40

13901 visualizações

Diário da Pandemia – 975º dia:

Daqui a pouco mais de um mês (quem diria!), estaremos comemorando mais um Natal! Talvez seja impressão minha, mas os últimos meses do ano (principalmente de agosto para cá) têm passado muito rápido… Mas, mudando um pouco de assunto, a semana transcorreu bem, com as já tradicionais visitas aos parceiros do site Diário da Pandemia (Arno Multimarcas, F2 Centro Automotivo e Lavanderia Universo), além das necessárias academia e fisioterapia. Ah! E a sexta culminou com “chave de ouro”: Recital de Poesias na EEB Kyrana Lacerda, que eu e a filha Marina assistimos com detida atenção!

Talvez um dos assuntos mais debatidos nos últimos tempos sejam as dificuldades, das mais diversas ordens, que as pessoas enfrentam para (sobre)viver em um mundo cada vez mais globalizado. Porém, mesmo assim, há os que gostam de “potencializar os riscos”. Sigam, pois, meu raciocínio:

Viver, por si só, já apresenta algumas “dificuldades” naturais: temos de nos manter saudáveis, cuidar de uma família, zelar por um emprego, relacionarmo-nos socialmente e, no meio de tudo isso, pagar muitas (mas muitas!) contas!

Entretanto, algumas pessoas acrescentam a esses “ingredientes” a chamada potencialização de riscos. Para exemplificar, ter boa saúde não é apenas uma questão genética, mas de cuidados com ela. E o sujeito que potencializa os riscos nessa área é aquele que bebe além da conta, consome drogas, fuma…

Por outro lado, há a potencialização de riscos também quando o sujeito (sendo pai ou mãe de família) dirige um veículo automotor com imprudência: andando em alta velocidade ou sob o efeito de bebidas alcoólicas.

Já na questão profissional, o potencializar os riscos ocorre quando se é desleixado com o trabalho, faltoso, atrasado ou até despreparado. Com isso, prejudica-se a si próprio e também ao empregador.

Enfim, geralmente, potencializar os riscos acaba causando “tragédias” que envolvem não somente o sujeito, mas também seus familiares! Pensemos nisso!

Para hoje, uma sugestão de leitura inspiradora: “A lei do triunfo” (Napoleon Hill). Nesse livro, o autor sugere 16 lições práticas para obter o sucesso. Segundo ele, tudo que a mente do homem é capaz de conceber e acreditar pode ser alcançado através de grandes realizações.

Bom final de semana!

Deixe seu comentário