Histórias

Lance Notícias | 16/08/2022 15:12

16/08/2022 15:12

19438 visualizações

Mãe conta sobre a felicidade de gerar gêmeos fecundados com uma semana de diferença

Mãe conta sobre a felicidade de gerar gêmeos fecundados com uma semana de diferença

Rosiane Ibenes Ianoski, de 28 anos, é moradora de Xaxim, e teve a felicidade de gerar filhos fecundados com uma semana de diferença. O detalhe e o que é mais impressionante é que eles são gêmeos.

Hoje os bebês já tem três anos e um mês. A jornalista do Lance Xaxim conversou com a mãe que compartilhou sobre a felicidade de gerar os pequenos.

– Quando eu conto as pessoas não acreditam, é algo impossível aos nossos olhos, para os amigos mais próximos eu sempre acabo mostrando o ultrassom para provar que é verdade – fala.

De acordo com Roseane, ela e o esposo apresentava dificuldades para engravidar, mas eles nunca realizaram nenhum tipo de tratamento, nem mesmo o uso da pílula anticoncepcional.

– Eu sempre orei e pedi à Deus que me presenteasse com um filho, não me conformava em ver outras mães com suas crianças e eu não conseguir – conta.

Hoje Rosiane é mãe de gêmeos, Maria Clara e Joaquim. O nome Maria é uma homenagem a mãe de Rosiane, que segundo ela, sempre foi sinônimo de bondade.

– Eu chorava sempre que via um bebê, porque eu não tinha, mas meu esposo sempre dizia que quando tivéssemos seriam um casal de gêmeos, e isso me confortava, e olha só, ele tinha razão – diz.

Para os médicos o que Rosiane teve foi uma superfetação, que é quando a mulher engravida de gêmeos, mas não exatamente ao mesmo tempo, tendo apenas alguns dias de diferença, no caso da Rosiane foi uma semana. Geralmente a superfetação acontece com mulheres que estão realizando algum tipo de tratamento para engravidar, como o uso de indutores da ovulação.

A mãe fala que ser pais sempre foi um sonho do casal, foram muitas as tentativas frustradas, mas depois de muitos resultados negativos o positivo chegou e os surpreendeu, eram gêmeos.

– Foi um misto de emoções, e muito agradecimento, porque Deus ouviu as nossas orações, nossos filhos são um milagre – comenta.

Depois disso, Rosiane relata que se perguntava se iriam dar conta do recado, afinal eram dois bebês.

– Eu precisei sair do meu emprego para cuidar da gestação e em seguida das crianças. Hoje somos muito gratos, porque tudo correu melhor que o esperado, nem de UTI os bebês precisaram, sempre muito saudáveis, eles são o nosso sonho – diz a mãe emocionada.

Deixe seu comentário