Variedades

Lance Notícias | 23/08/2022 11:23

23/08/2022 11:23

24837 visualizações

Ônibus antigo de Xaxim é restaurado e transformado em hospedagem

Se hospedar em um lugar calmo, em meio a natureza, que desperte memória afetiva. Mas, e se o espaço para dormir for em um ônibus? Incrível não é mesmo? Este é o projeto de uma família de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, que é apaixonada por antiguidades. Eles contam que uma viagem realizada em […]

Ônibus antigo de Xaxim é restaurado e transformado em hospedagem

Se hospedar em um lugar calmo, em meio a natureza, que desperte memória afetiva. Mas, e se o espaço para dormir for em um ônibus? Incrível não é mesmo?

Este é o projeto de uma família de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, que é apaixonada por antiguidades. Eles contam que uma viagem realizada em 2020 fez com que eles pensassem em algo diferente neste sentido.

– Somos em quatro: Heverton, Deia, Emily (17) e Joaquim (5). Há anos descobrimos que éramos fascinados por antiguidades, começamos ganhar e comprar itens, juntamos histórias de outros lares, sempre nos permitindo aprender e ensinar aos nossos filhos o valor em memórias que cada coisinha carregava. Contudo, em dezembro de 2020 queríamos fazer uma viagem em família, porém as pousadas estavam fechadas em virtude da pandemia, então surgiu a ideia de alugar um trailer, foi a experiência mais divertida que tivemos em família – relembra Deia.

Os planos da família não era ter uma hospedagem, mas aquela viagem mudou o seu olhar e até mesmo a pandemia mudou as pessoas e a forma de se permitir diante de novas experiências e possibilidades.

– Nunca pensamos em ter uma hospedagem, mas começamos observar que era uma possibilidade poder permitir a mais pessoas a experiência de viver num espaço menor, sem perder o aconchego de um lar. Foi assim que tivemos a ideia de comprar um ônibus antigo e com história – detalha.

Começou então a busca pelo veículo perfeito:

– Após muitos meses procurando um que funcionasse, em 16/09/2021 buscamos aqui perto, em Xaxim, o Marcopolo 1981, nosso Tilli (nome esse que o Joaquim, nosso caçula nomeou, pois na viagem ele chamava o trailer de Tilli) – conta.

Começou então a fase da restauração:

– Foram meses restaurando a parte externa, mantendo o máximo da originalidade, instalamos e restauramos com ajuda de familiares um assoalho de madeira retirado de uma casa antiga do centro de Chapecó – explica.

O ônibus fica em uma propriedade que até então a família também não tinha. Eles contam que num domingo chuvoso visitaram o lugar e foi amor à primeira vista.

– Tinha muitas possibilidades, então unimos o desejo do meu esposo Heverton em ter um lugar com rio e açude com a hospedagem – diz.

Além do Tilli Bus, quem se hospeda no espaço tem a oportunidade de ter várias experiências, como a casa do banho:

– Foi ideia de uma viagem que fizemos pra Itália em 2018, onde nos encantamos com as construções das casas da Toscana. A banheira vitoriana: é original dos anos 50/60, adquirimos há seis anos nos móveis usados e usávamos numa cabana onde atualmente passamos nossos fins de semana. O balanço em cima do rio: foi o despertar pra um momento de paz e tranquilidade, a ideia é de relaxar e refletir em como a natureza é capaz de curar – diz.

Porque se chama hospedagem afetiva?

– Por conter memórias de outros lugares, por despertar sentimentos da nossa infância, por ser aconchegante – finaliza.

Saiba mais seguindo o @tillibus.hospedagemafetiva

Deixe seu comentário