Sem categoria

Lance Notícias | 22/08/2022 10:33

22/08/2022 10:33

11926 visualizações

Para completar a renda, xaxinense empreende e abre o próprio ateliê de costura

Com a intenção de completar a renda, a xaxinense Tânia Aparecida Dalla Cortte resolveu empreender e abrir o próprio ateliê de costura, o Ateliê Aconchego. Tânia trabalha com a confecção de jogos de cama, fronhas e lençóis avulsos, infantis, cobre leitos normais ou com babados, toalhas de mesa, sousplast, cortinas e reformas de roupa. Ela […]

Para completar a renda, xaxinense empreende e abre o próprio ateliê de costura

Com a intenção de completar a renda, a xaxinense Tânia Aparecida Dalla Cortte resolveu empreender e abrir o próprio ateliê de costura, o Ateliê Aconchego. Tânia trabalha com a confecção de jogos de cama, fronhas e lençóis avulsos, infantis, cobre leitos normais ou com babados, toalhas de mesa, sousplast, cortinas e reformas de roupa.

Ela conta que trabalhou por 13 anos em uma empresa do município, porém a empresa decretou falência e no ano de 2017 ela resolveu abrir o próprio espaço.

O que ela mais gosta de confeccionar são roupas de cama. Na pandemia, Tânia trabalhou com a confecção de máscaras em tecido.

Perguntado se Tânia teve influências para entrar no ramo da costura, ela diz que uma amiga foi quem a ajudou a começar e ela resolveu arriscar em um novo empreendimento.

— Eu sempre gostei de costura, e enquanto eu ainda trabalhava fora, decidi comprar as máquinas para que quando eu parasse de trabalhar eu pudesse completar a renda. Mas de repente tudo mudou, a empresa onde eu trabalhava decretou falência e eu precisei antecipar os meus planos — conta.

Tânia diz que se sente grata pelo reconhecimento que recebe dos clientes.

— Fico feliz em saber que além de trabalhar em um emprego que eu gosto, ainda estou ajudando pessoas que precisam, e muitas vezes muito agradecidas, porque não sabiam a quem recorrer — finaliza.

Para conhecer o trabalho de Tânia siga a rede social Instagram @taniadallacortte.

Deixe seu comentário