Variedades

Lance Notícias | 04/10/2022 18:05

04/10/2022 18:05

13010 visualizações

Sebo literário: professor chapecoense se dedica a comercialização de livros usados

Sebo literário: professor chapecoense se dedica a comercialização de livros usados

O chapecoense, Murilo Henrique Milani, é um jovem professor que cultiva grande amor por livros. Desde a sua infância ele sentia a necessidade de criar um sebo no município de Chapecó e que atendesse toda a comunidade local. O objetivo era incentivar a leitura e tornar os livros acessíveis para as pessoas.

– Esse projeto teve início em uma conversa com um amigo e colega de graduação, ele era de Curitiba e achava estranho não ter sebos em Chapecó, nessa conversa ele fez um convite para participar, inicialmente era apenas um extra na renda, pois ele era estagiário e eu estava dando aula (na época ACT em geografia no Estado). No início de 2020 meu amigo (sócio) decidiu voltar para Curitiba para projetos pessoais e profissionais e o sebo já estava com uma estrutura e clientes consolidados, já não me via dando aula, decidindo então me dedicar totalmente ao sebo – disse.

O Sebo Capim Guiné surgiu em meados de 2019 e atualmente comercializam seus livros através de suas redes sociais, além de participar de feiras de toda a região. Os livros vendidos no Sebo são comprados, recebidos através de doações e é realizada até mesmo a troca. Após receber os livros, eles passam por uma espécie de triagem para depois serem comercializados.

– As doações são muito importantes para nos ajudar com infraestruturas e manutenções de mesas, cartões de visita, estantes entre outros produtos. Combinamos a retirada dos livros aonde ficar melhor para a pessoa – finaliza.

As doações devem ser realizadas pelo contato (49) 9 9835-7169 com Murilo ou através de sua rede social @sebo_capim_guine.

SEBO

Comercialização de livros usados em bom estado de conservação com o diferencial de um valor mais acessível que livros novos, o nome sebo é aplicado para este tipo de comércio.

Deixe seu comentário