Sem categoria

Lance Notícias | 15/08/2022 19:53

15/08/2022 19:53

21278 visualizações

Xaxinense se dedica à produção de artesanato religioso

Lilian Tonini começou a trabalhar com pintura em gesso em 2016, no início fazia todo tipo de peça, mas depois fui dando preferência para o artesanato religioso, com o qual se identificou. — Trabalhei 30 anos na área de comercio exterior, me aposentei em 2019, mas ainda presto serviço nessa área vez em quando. Sou […]

Xaxinense se dedica à produção de artesanato religioso

Lilian Tonini começou a trabalhar com pintura em gesso em 2016, no início fazia todo tipo de peça, mas depois fui dando preferência para o artesanato religioso, com o qual se identificou.

— Trabalhei 30 anos na área de comercio exterior, me aposentei em 2019, mas ainda presto serviço nessa área vez em quando. Sou filha de artesã que tem mais de 50 anos de experiência nos mais diversos segmentos, pintura em tecido, tricô, crochê, bordado, patch colagem, e que hoje me ajuda na pintura e customização da arte religiosa— comenta.

Lilian fez alguns cursos para aperfeiçoar as técnicas de pintura em gesso, focados em pintura tradicional dentro da iconografia católica, a também se aperfeiçoou na customização das peças, dando glamour e requinte as mesmas.

Recentemente se aventurou na montagem de terços religiosos e essa é sua mais nova paixão.

— Comecei na arte pintando óleo sobre tela lá nos idos de 1997, mas no gesso peguei para valer mesmo em 2016, e hoje, além de ser uma fonte extra de renda que complementa a aposentadoria, é a minha terapia—, explica.

Mesmo com a pandemia, Lilian produziu muito, e cada peça que faz é uma pequena obra de arte, isso porque uma nunca sai igual a outra. Presa aos detalhes, ela transforma o que faz no seu diferencial, sempre procurando a perfeição e a beleza de cada peça que passa pelas suas mãos.

— Às vezes me dizem “faz bem simples”, mas eu não sei fazer simples, porque elas são especiais, todas são feitas com muito amor acima de tudo.

Lilian também comenta que foi selecionada em um concurso e que se sente honrada.

— Mês passado, participei de um concurso com 101 peças, e fiquei classificada entre os 18 finalistas. Foi uma alegria imensa, pois é sinal da minha dedicação, do meu amor pelo que faço— finaliza.

Deixe seu comentário