Lance Notícias | 24/09/2022 11:00

24/09/2022 11:00

14697 visualizações

Diário da Pandemia 919º dia:

Depois de uma semana bastante movimentada (ou agitada seria a palavra mais adequada?), chegamos ao fim de mais um período, para nosso momento de descanso e recuperação das energias! Como compromissos finais dela, cortei cabelo e barba (tradição mensal), visitei os parceiros do site (Arno Multimarcas, F2 Centro Automotivo e Lavanderia Universo) e, ainda, sobrou um tempo para as salutares academia e fisioterapia! Semana que vem, novos desafios já nos esperam, como bem compete aos incansáveis batalhadores!

Em seu percurso de mais de 660 textos (recordo que o Diário da Pandemia iniciou sua vida em 23 de março de 2020), sempre procurei tratar de temas positivos, do bem. Assim, como também não faz parte de nosso escopo, o Projeto nunca versou sobre assuntos de cunho religioso, racial, político ou de orientação sexual (já que precisamos respeitar a opinião de cada um sobre essas temáticas). Então, hoje, vamos conversar um pouco sobre uma característica humana fundamental: a bondade!

Essencialmente, quando surgimos na face da Terra, o Criador (respeito quem crê na chamada Teoria da Evolução) nos concedeu diversos dons; entre eles, um importantíssimo para que possamos viver em sociedade: a bondade.

Sim, por natureza, somos bons, queremos o bem dos outros e procuramos praticá-lo. Muitos aprendem a bondade em seu próprio lar, junto aos pais e irmãos; outros, por alguma influência externa (a vida em comunidade, por exemplo).

E como é bom praticar a bondade! Nesse sentido, vejo que não basta apenas dizer que somos bons: precisamos provar isso na prática cotidiana, no auxílio aos mais necessitados, no cuidado com os animais, na prática de nossa crença religiosa; enfim, na nossa existência social!

Você, amigo leitor, costuma praticar a bondade ou a considera desimportante?

Vamos ler, que a leitura é o alimento da alma! Para hoje, sugerimos Vida de Jesus (Ellen G. White). Nessa obra, você conhecerá mais sobre o principal personagem da História da Humanidade: Jesus de Nazaré. Muito poucas pessoas já atraíram tanto a curiosidade como Ele, um homem divino e que ficou marcado pela sabedoria das palavras e integridade do caráter!

Bom final de semana!

Deixe seu comentário