Rafaela Moretti | 12/02/2023 16:22

12/02/2023 16:22

23753 visualizações

Fique sozinha!

Fique sozinha, se for para ser desrespeitada;

Fique sozinha, se for para não poder ser quem você é;

Fique sozinha, se sentir mais insegurança, tristeza, medo do que alegria;

Fique sozinha, se não puder brilhar sua luz;

Fique sozinha, se tiver que mendigar atenção e amor;

Fique sozinha, se não puder fazer as suas escolhas;

Fique sozinha, se você sentir mais duvidas do que certeza em relação a pessoa a qual se relaciona;

Quando digo fique sozinha: refiro-me a permanecer num relacionamento a qualquer custo. É preciso aprender a conviver com a nossa companhia, conhecer quais são nossos valores, o que nos faz bem, o que consideramos aceitável numa relação sem ferir nossos princípios. Não devemos permitir que o outro nos desrespeite, que a relação não tenha equilíbrio de troca, que o outro fira nossa alma e nem sofrer violência de nenhuma das formas (física, moral, psicológica, patrimonial, sexual), pois se observarmos com atenção o outro, ele sempre nos dá sinais de seu comportamento desde o início da relação. Preste atenção, se nos momentos de conflitos por mais simples que sejam ele sempre faz você acreditar que você é culpada e não aceita conversar, ouvir sua versão, etc.

Mas como podemos ampliar essa percepção, tomar esse cuidado? Investindo em autoconhecimento, estudando, se conhecendo, tratando nossas fragilidades, nossos conflitos, nossas dependências emocionais, que na maioria das vezes deposita todas as expectativas e vazios existenciais sobre a relação, sobre o outro… Dessa maneira, quando tomamos consciência de quem nós somos, das dinâmicas familiares e emaranhados a qual estamos envolvidos ou reproduzindo comportamentos, que muitas vezes são por amor ao nosso sistema familiar, começamos a ter um novo olhar sobre qualquer tipo de relacionamento e temos maior probabilidade de perceber rapidamente o que é saudável ou não. Deixamos de nos conectar com parceiros conflituosos, indisponíveis, e tóxicos, e com mais clareza e tranquilidade tomamos nossas decisões.

Como identifica sua relação atual?

Se você sentir que precisa olhar para sua relação, saber se vive de maneira saudável ou não, qual lugar ocupa nessa relação, posso te apoiar nessa assunto.

Eliete Tania Gabiatti – Consteladora Sistêmica Familiar. Atendimento presencial e on line. Fone: 49- 999965626- Xaxim/SC

Deixe seu comentário